Júlia Tavares de Oliveira

Júlia Tavares de Oliveira, 2002, Jornalismo
Chegando em casa depois da matrícula na Escola de Comunicações e Artes da USP! Foi um sonho realizado, sem dúvida. Mas nem celebrei direito – corri pra casa, tomei banho e fui dar aula de inglês na escola do bairro… Quantas celebrações a gente deixou de fazer na hora certa, né? Será que ainda dá tempo?

Eu fui parar na ECA por teimosia. Por vontade de não me arrepender no futuro. Por acreditar que aquele lugar também poderia ser meu!

Fiz escola pública até o ensino fundamental e ensino médio em escola particular, porém sem foco em conteúdo ou preparação para o tão temido vestibular da Fuvest ali no finalzinho dos anos 1990. Após meus primeiros seis meses de cursinho, eu sabia que não seria aprovada em Jornalismo. Mas talvez em outro curso… Meu pai, jornalista, incentivou minha inscrição em Letras. Entreguei a inscrição, presencial, seguindo os conselhos dele. Foi só chegar em casa e a tristeza tomou conta de mim. Eu provavelmente passaria em Letras. Mas não seria feliz. A então mulher do meu pai sugeriu que eu voltasse ao local da inscrição para corrigir minha ficha. Aquilo me pareceu absurdo, mas voltei e consegui! Não fui aprovada em Jornalismo naquela vez, mas tive mais um ano inteiro de cursinho e de estudos. E, enfim, passei. Foi puxado, quase em cima da nota de corte, e justamente no primeiro ano de expansão de 50 para 60 vagas na carreira.

Não ter desistido foi muito importante. E uma lição que qualquer jornalista ou comunicador precisa levar adiante!

 

Aluna Turma Curso
Júlia Tavares de Oliveira 2002 Jornalismo

 

Compartilhe
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;}